Tem uma dúvida?
Nome
E-mail
Telefone
Enviar Arquivo
Subir arquivo

Arraste arquivo aqui ou clique no botão.

.png, .jpg, .jpeg, .mp4, .pdf
Formatos de arquivo suportados
Enviando...
Mensagem
Excluir arquivo
Tem certeza de que deseja excluir este arquivo?
Mensagem enviada Fechar

Tipos de Estruturas Oganizacionais

As estruturas organizacionais são componentes fundamentais das organizações, desempenhando um papel crucial na determinação de como uma empresa opera, toma decisões e se relaciona com seus membros e o ambiente externo.

Conceito de Estrutura Organizacional

A estrutura organizacional é o arranjo formal das tarefas, responsabilidades, autoridades e relações dentro de uma organização. É a base que define como uma empresa está organizada, como os funcionários se encaixam em diferentes níveis hierárquicos e como a comunicação e a tomada de decisão ocorrem. Segundo Robbins (2017), a estrutura organizacional é “a maneira pela qual as atividades de uma organização são divididas, organizadas e coordenadas”.

Tipos de Estruturas Organizacionais

1. Estrutura Funcional

A estrutura funcional é caracterizada pela organização das atividades de acordo com as funções desempenhadas pelos funcionários. Cada departamento é especializado em uma função específica, como marketing, finanças, produção, recursos humanos, entre outros. De acordo com Chiavenato (2014) essa estrutura é amplamente reconhecida por sua eficiência na especialização e no desenvolvimento de expertise em áreas específicas.

2. Estrutura Divisional

A estrutura divisional organiza a empresa em unidades de negócios separadas, chamadas de divisões. Cada divisão é responsável por seu próprio conjunto de produtos ou serviços e tem seu próprio quadro de funcionários, liderança e recursos. Para Daft (2016) essa estrutura é particularmente adequada para empresas que atuam em múltiplos mercados ou possuem diferentes linhas de produtos.

3. Estrutura Matricial

A estrutura matricial combina elementos da estrutura funcional e divisional. Nesse arranjo, os funcionários têm dois supervisores – um funcional e outro divisional. Isso permite maior flexibilidade e coordenação entre as diferentes partes da organização, mas também pode levar a conflitos de autoridade (Mintzberg, 1981).

4. Estrutura em Rede

A estrutura em rede é uma abordagem mais moderna que enfatiza parcerias e colaborações com outras organizações, em vez de depender inteiramente de hierarquias internas. Essa estrutura é comum em empresas que buscam ser ágeis e adaptáveis em um ambiente de negócios em constante mudança (Powell, 1990).

Importância das Estruturas Organizacionais

A escolha da estrutura organizacional adequada é crucial para o sucesso de uma empresa. Uma estrutura bem definida ajuda a melhorar a eficiência operacional, a comunicação interna e a tomada de decisões. Além disso, uma estrutura organizacional eficaz pode atrair e reter talentos, facilitar o desenvolvimento de lideranças e promover a inovação (Daft, 2016).

Conclusão

As estruturas organizacionais desempenham um papel vital no funcionamento das empresas. Compreender os diferentes tipos de estruturas e escolher a que melhor se adapta às necessidades e objetivos de uma organização é essencial para o sucesso a longo prazo. Ao adotar uma abordagem estratégica para a gestão da estrutura organizacional, as empresas podem ganhar vantagem competitiva e adaptar-se de forma eficaz às mudanças no ambiente de negócios.

Referências

– Chiavenato, I. (2014). Administração Geral e Pública. Elsevier.
– Daft, R. L. (2016). Administração. Cengage Learning.
– Mintzberg, H. (1981). Organization Design: Fashion or Fit?. Harvard Business Review.
– Powell, W. W. (1990). Neither Market Nor Hierarchy: Network Forms of Organization. Research in Organizational Behavior, 12, 295-336.
– Robbins, S. P. (2017). Administração: Mudanças e Perspectivas. Pearson